Presidente Bolsonaro Critica Antifas

0
13

O Presidente em defesa do Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (4), em transmissão ao vivo nas mídias sociais, que a “terceira onda” causada pela pandemia do Covid-19 são os grupos antifascistas


Que “começaram a surgir e se tornar mais densos aqui no Brasil”. Bolsonaro lamentou “que ele não pudesse colocá-los anteriormente como uma organização terrorista” e disse que “isso veio da época” para o governo de Dilma Rousseff.

O presidente citou as manifestações previstas para este domingo em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador, convocadas por grupos ligados a fãs de futebol, movimentos sociais, movimentos negros, centros sindicais e partidos de esquerda. Em SP, protestos estão previstos para o início da tarde na Avenida Paulista.

“Essas expulsões estão marcadas para domingo aqui no Brasil. Peço aos que nos seguem que não sigam, não participem, que mostrem o que é democracia. Não espero uma pausa, mas a história diz que eles geralmente roubam bancos, queimam estações de trem e outras coisas ”, disse ele.


“A orientação não é ‘Fique em Casa’, não vai a essas manifestações”, continuou ele.

Bolsonaro disse esperar que “governadores engajados em democracia, leis e famílias reais” estejam se preparando para responder “se esses grupos excederem os limites da racionalidade”.

Além disso, ele deixou claro que “nunca solicitou nenhum protesto” como os que ocorreram desde março em apoio a ele em Brasília.

Bolsonaro participou de várias dessas ações, que, entre outras coisas, exigem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), o Congresso e o retorno da ditadura militar.

Se ele explicou que “infelizmente, um ou outro tem um estranho que não tem nada a ver com democracia”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here